Energia Renovável

ENERGIA SOLAR

secret 140

O aproveitamento da energia gerada pelo sol, inesgotável na escala terrestre de tempo, tanto como fonte de calor como de luz, é hoje, uma alternativa energética promissora para enfrentar os desafios do novo milênio.

A energia solar é considerada uma fonte de energia limpa e renovável, pois não polui o meio ambiente e não acaba.

É a partir da energia do Sol que se dá a evaporação, origem do ciclo das águas, que possibilita o represamento e a conseguente geração de eletricidade (hidroeletricidade). A radiação solar também induz a circulação atmosférica em larga escala, causando os ventos. Petróleo, carvão e gás natural foram gerados a partir de resíduos de plantas e animais que, originalmente, obtiveram a energia necessária ao seu desenvolvimento, da radiação solar.

Os métodos de captura da energia solar classificam-se em diretos ou indiretos.

Método Direto significa que há apenas uma transformação para fazer da energia solar um tipo de energia utilizável pelo homem.

Exemplos: A energia solar atinge uma célula fotovoltáica criando eletricidade. A conversão a partir de células fotovoltaicas é classificada como direta, apesar de que a energia elétrica gerada precisará de nova conversão em energia luminosa ou mecânica, por exemplo – para se fazer útil.

A energia solar atinge uma superfície escura e é transformada em calor, que aquecerá uma quantidade de água, por exemplo – esse princípio é muito utilizado em aquecedores solares.

Método Indireto significa que precisará haver mais de uma transformação para que surja energia utilizável.

Exemplo: Sistemas que controlam automaticamente cortinas, de acordo com a disponibilidade de Luz do Sol.

Também se classificam em passivos e ativos:

  • Sistemas passivos são geralmente diretos, apesar de envolverem (algumas vezes) fluxos em convecção, que é tecnicamente uma conversão de calor em energia mecânica.
  • Sistemas ativos são sistemas que apelam ao auxílio de dispositivos elétricos, mecânicos ou químicos para aumentar a efectividade da coleta. Sistemas indiretos são quase sempre também ativos.

 

Vantagens

  • A energia solar não polui durante seu uso. A poluição decorrente da fabricação dos equipamentos necessários para a construção dos painéis solares é totalmente controlável utilizando as formas de controles existentes atualmente.
  • As centrais necessitam de manutenção mínima.
  • Os painéis solares são a cada dia mais potentes ao mesmo tempo que seu custo vem decaindo. Isso torna cada vez mais a energia solar uma solução economicamente viável.
  • A energia solar é excelente em lugares remotos ou de difícil acesso, pois sua instalação em pequena escala não obriga a enormes investimentos em linhas de transmissão.
  • Em países tropicais, como o Brasil, a utilização da energia solar é viável em praticamente todo o território, e, em locais longe dos centros de produção energética, sua utilização ajuda a diminuir a demanda energética nestes e consequentemente a perda de energia que ocorreria na transmissão.
  •   

    Desvantagens

    • Um painel solar consome uma quantidade enorme de energia para ser fabricado. A energia para a fabricação de um painel solar pode ser maior do que a energia gerada por ele. 
    • Os preços são muito elevados em relação aos outros meios de energia.
    • Existe variação nas quantidades produzidas de acordo com a situação atmosférica (chuvas, neve), além de que durante a noite não existe produção alguma, o que obriga a que existam meios de armazenamento da energia produzida durante o dia em locais onde os painéis solares não estejam ligados à rede de transmissão de energia.
    • Locais em latitudes médias e altas (Ex: Finlândia, Islândia, Nova Zelândia e Sul da Argentina e Chile) sofrem quedas bruscas de produção durante os meses de inverno devido à menor disponibilidade diária de energia solar. Locais com frequente cobertura de nuvens (Curitiba, Londres), tendem a ter variações diárias de produção de acordo com o grau de nebulosidade.
    • As formas de armazenamento da energia solar são pouco eficientes quando comparadas por exemplo aos combustíveis fósseis (carvão, petróleo e gás), a energia hidroelétrica (água) e a biomassa (bagaço da cana ou bagaço da laranja).

     

    Algumas formas da utilização da energia solar seguem abaixo…..

     

    ENERGIA SOLAR FOTOVOLTAICA

    É usado para a produção de eletricidade através de painéis solares. Ao absorver luz, este dispositivo produz uma pequena corrente elétrica, que é aproveitada. Há duas formas: a ativa – transformação dos raios solares nas formas de energia térmica ou elétrica; passiva – é aplicada no aquecimento dos prédios.

    Placas

    Placas

    Placas

    Placas

     

    BOILER SOLAR

    boiler

     

    banho quentinho

    banho quentinho

     

    banho1

     

    ENERGIA EÓLICA

    A energia eólica é gerada pelo vento e pode ser canalizada pelas modernas turbinas eólicas ou pelo tradicional cata-vento.

    Vantagens: Há ventos favoráveis no Brasil, para a ampliação dos instrumentos eólicos. O impacto ambiental é minimo, tanto em ruídos quanto para o ecossistema.

    Desvantagens: Para a produção de energia elétrica em grande escala só são interessantes regiões  que tenham ventos com velocidade de 6 m/seg ou superior. As turbinas e os cata-ventos são instalações mecânicas grandes e ocupam um espaço físico considerável.

    eolica

    VELA

     

    ENERGIA HÍDRICA

    A força das águas de um rio é convertida em energia elétrica com a rotação de uma turbina hidráulica. A energia hídrica é aplicada no campo através de pequenas centrais hidrelétricas, baseadas em rios de pequeno porte.

    Vantagens: As pequenas centrais suprem uma prioridade e alimentam seus geradores. A região Centro-Sul do Brasil é propícia ao uso desse tipo de recurso.

    HIDRO

    secret

    secret

     

    HIDRO1

     

    BIOMASSA

    Existem trê tipos:

    Sólida: Produtos e resíduos da agricultura (vegetal e animal), resíduos de florestas e a parte biodegradável dos resíduos industriais e urbanos.

    Líquida: Combustíveis líquidos, como o biodiesel, obtido a partir de óleo de girassol; o etanol, produzido com a fermentação de hidratos de carbono (açúcar, amido, celulose); e o metanol, gerado pelo gás natural.

    Gasosa: Encontrada na agroindústria e nos aterros de resíduos sólidos urbanos. Estes resíduos são resultado da degradação da matéria orgânica e são produzidos por uma mistura de metano e gás carbônico. A combustão (queima) desses materiais gera a energia.

     

    Em breve, mais informações a cerca de fontes de energia renovável….

    Fontes:

    About these ads

    Sobre Dani

    Você pode ser tudo o que você quiser... Que o melhor aconteça!

    Publicado em 25/10/2009, em Reciclar, Reduzir, Reutilizar e marcado como , , , , , , . Adicione o link aos favoritos. Deixe um comentário.

    Deixe uma resposta

    Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

    Logotipo do WordPress.com

    Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

    Imagem do Twitter

    Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

    Foto do Facebook

    Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

    Foto do Google+

    Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

    Conectando a %s

    Seguir

    Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

    %d blogueiros gostam disto: