Arquivos do Blog

Biofertilizantes

Idéias que valem a pena!!

Anúncios

Compostagem – Parte 2

P7050030

 

Quais são os benefícios trazidos pelo composto orgânico?

* Benefícios físicos

A adição de composto orgânico reduz a densidade do solo, tornando-o mais fácil de ser trabalhado e mais poroso, aumenta a sua permeabilidade à água e aos gases, reduzindo dessa forma a erosão. O composto orgânico resiste à compactação em solos de textura fina e aumenta a capacidade de retenção de água e melhora a agregação em terrenos de textura granulada (arenosos). A adição de composto orgânico pode também gerar uma maior resistência aos períodos de secas e propiciar uma utilização mais eficiente da água. Portanto, a freqüência e a intensidade da irrigação podem ser reduzidas. A terra misturada ao composto torna-se rica em nutrientes e fica mais escura, fazendo com que absorva mais calor do que o solo sem o composto orgânico, tornando-o um meio ambiente mais favorável para a lavoura e o cultivo de plantas ornamentais.

* Benefícios químicos

 Os principais elementos encontrados no composto são o nitrogênio, o potássio, o ferro, o fósforo, o enxofre e o cálcio. Esses elementos variam em quantidade, de acordo com a composição original do aprovisionamento e do processo de compostagem usado. As percentagens de N-P-K no composto orgânico acabado são relativamente baixas, mas o benefício trazido por elas acontece devido à liberação de nitrogênio e fósforo no solo em proporções que, embora baixas, podem ser usadas pelas plantas e não são perdidas por causa da lixiviação.

A adição do composto ao solo pode modificar o pH da mistura final. Dependendo do pH do composto orgânico e do solo original, o acréscimo do composto pode elevar ou reduzir o pH da mistura terra/composto orgânico. Portanto, quando se mistura um composto que tenha o pH variando de neutro a levemente alcalino a um solo de pH ácido, isso aumentará o pH do solo se forem respeitadas as proporções adequadas. Em condições específicas, descobriu-se que o composto orgânico afeta o pH do solo mesmo quando e aplicado em pequenas quantidades, como por exemplo: 20-50 toneladas por hectare (10.000 m2).

O composto orgânico irá também melhorar a capacidade de troca de cátions dos terrenos, capacitando-os a reter nutrientes por mais tempo. Isso, da mesma forma, permitirá que as plantações utilizem mais apropriadamente os nutrientes e que a perda desses últimos pela lixiviação seja reduzida. O aumento da capacidade de troca de cátions dos solos arenosos pela adição de composto orgânico pode melhorar grandemente a retenção de nutrientes para as plantas na zona da raiz.

* Benefícios biológicos

A atividade dos organismos do solo é essencial para a produtividade do solo e para obtenção de plantas saudáveis. Sua atividade é baseada, fundamentalmente, na presença de matéria orgânica. Os microorganismos presentes no solo incluem as bactérias, os protozoários, os actinomicetos e os fungos.

Os microorganismos têm um papel importante na decomposição da matéria orgânica que, por sua vez, leva à formação de húmus e ao aumento da disponibilidade de nutrientes. Os microorganismos podem também melhorar a atividade das raízes como acontece com fungos específicos que agem em simbiose com as raízes das plantas, ajudando-as na obtenção de nutrientes do solo. O aumento da quantidade de minhocas também pode ser incentivado se houver níveis adequados de nutrientes. Elas fazem com que a infiltração de água e a aeração sejam aumentadas através da construção de seus túneis.