Arquivo mensal: setembro 2010

Zona de Raízes

zona de raízes

O Sistema por Zona de Raízes utiliza plantas para o tratamento de águas residuais. A degradação das substâncias poluidoras contidas na água ocorre através da simbiose entre plantas, solo e/ou substrato artificial e microorganismos. A função principal das plantas consiste em fornecer o oxigênio ao solo/substrato através das folhas até os rizomas e possibilitar o desenvolvimento de uma população densa de microorganismos aeróbios, que finalmente são responsáveis pela degradação e remoção dos poluentes da água. Toda a água tratada e polida pela tecnologia de Zona de Raízes/Wetlands pode ser 100% reutilizada.

Os sistemas com plantas são eficientes porque o processo de degradação da matéria orgânica (mineralização, nitrificação, denitrificação) é muito completo, devido à grande biomassa. Além disso, são removidos não só á carga orgânica como também nutrientes (por exemplo, Fósforo e Nitrogênio) que levam a eutrofização das águas, elimina ou fixa patôgenos como coliformes, e substâncias inorgânicas como fenóis e metais pesados.

Sistemas com plantas podem ser, se desejável, configurados como elementos de Paisagismo Ambiental ( Biótopos, por exemplo que servem como corredor e adensador de biodiversidade), em forma de jardins ou parques. Existem três tipos principais de sistemas com plantas que podem ser variados e adaptados conforme as exigências e finalidades:

– Sistema Krefeld

– Sistema Zona de Raízes

– Sistema Hidrobotânico

Paisagismo – Biótopo, Corredor e/ou Adensador de Biodiverersidade

O Sistema por Zona de Raízes na sua concepção busca aproveitar-se da capacidade da natureza da auto-depuração e por este motivo denominamos também este sistema como Sistema de Banhados, Weatlands nos USA, Sistema Hidrobotânico – Lutzemberger – RS – 1987, Biótopos Artificiais, etc.

Devido a grande biomassa que se forma no Sistema Zona de Raízes este atrai uma série de animais ( principalmente pássaros ) que se utilizam deste biótopo criado artificialmente como um local protegido e adequado para alimentar-se preservando a biodiversidade do local e da região em que se encontra implantado.

As plantas a serem utilizadas no Sistema Zona de Raízes serão oriundas da região em que o sistema será implantado ( raio máximo de 10 km ), desta forma, preservamos a originalidade das espécies locais e evitamos o ingresso de plantas exóticas que possam causar desequilíbrios ambientais.

O Sistema por Zona de Raízes além de tratar das águas, ser um sistema vivo ( Biótopo ), dinâmico, apresenta-se como uma alternativa de paisagismo com alto valor agregado.

O uso do Zona de Raízes em propriedades rurais possibilita a produção de Biomassa para alimentação do animais e também para a produção de palhada para utilização em cama seca.

Anúncios